Educação Financeira: como ela pode te ajudar?


Educação financeira é o cultivo de hábitos saudáveis em relação a dinheiro, quer seja nos momentos de decisão de compra ou nos conhecimentos sobre economia.


Portanto, é possível afirmar que, algumas pessoas são bem educadas financeiramente, enquanto que outras, estão longe disso.


O resultado da ausência da educação financeira é a baixa qualidade de vida, uma vez que a pessoa não consegue realizar seus objetivos.


Sem contar, que a presença de dívidas ou mesmo a falta de dinheiro frequente contribui para o aumento do estresse.


Resultando em uma vida desregulada e com alto nível de frustração.


Quer saber mais sobre esse assunto? Continue lendo as informações descritas neste artigo, preparado especialmente para você.



O que é ter educação financeira?


Ter educação financeira é cultivar um comportamento positivo ao lidar com o dinheiro e suas possibilidades.


Ou seja, você saberá como agir ao se deparar com uma oferta de produto e o momento certo de investir e poupar dinheiro.


Além disso, quem cultiva uma vida financeira saudável, sabe da importância de construir uma reserva financeira.


No entanto, é importante entender que os bons hábitos que resultam numa vida financeira saudável são construídos ao longo do tempo.


Portanto, é preciso entender mais sobre o assunto para começar a colocar em prática os ensinamentos.


É possível resumir a educação financeira em pilares. São eles:


  • Conhecimento.

  • Equilíbrio.

  • Economia.

  • Tranquilidade.


Vamos conhecer um pouco mais sobre os pilares apresentados acima.



Conhecimento


É impossível obter educação financeira sem conhecer como funciona o mercado, as taxas de juros, a inflação, os investimentos, entre outros assuntos.


São essas informações que vão ajudar você a fazer escolhas conscientes, que não resultem em prejuízos para a sua vida financeira.


Portanto, o primeiro passo é buscar informações relevantes, em fontes seguras para que você obtenha o conhecimento necessário.


Faça pequenos cursos ofertados por instituições sérias e responsáveis.


As informações obtidas ajudarão a construir o conhecimento necessário para a formação de hábitos de consumo saudáveis.



Equilíbrio


O equilíbrio na vida financeira só acontece após a obtenção de conhecimento de qualidade.


Portanto, ao se deparar com a possibilidade de compra à vista ou parcelada, será possível analisar qual opção é a mais vantajosa.


Investir na educação financeira não é apenas aprender a controlar os gastos, mas saber o momento certo de efetuar compras.


Além disso, é cultivar o hábito de economizar, se preparando para possíveis emergências que possam surgir.


E ainda investir, sabendo escolher qual a melhor forma de aplicar o seu dinheiro para que ele possa retornar multiplicado.


Contribuindo para a construção do seu patrimônio.




Economia


As compras realizadas por impulso são as que mais comprometem o orçamento, seja individual ou familiar.


Um dos hábitos mais prejudiciais para uma vida financeira próspera é a compra de objetos que não serão utilizados.


O acúmulo de coisas significa dinheiro parado.


Portanto, aprender a economizar é saber diferenciar o valor de uma promoção não apenas pelo seu preço.


É analisar, se aquela oferta em questão, de fato trará alguma vantagem. Se o objeto ofertado é realmente necessário naquele momento.


É importante entender também que a economia, deve ser focada em algum objetivo para que ela faça sentido.


Ou seja, avalie as possibilidades de aplicação do dinheiro. Veja alguns exemplos:



  • Construção de uma reserva de emergência;

  • Realização de uma viagem.

  • Aquisição de um bem móvel ou imóvel.

  • Pagamento de dívidas.

  • Investimento nos estudos, entre outros.



Tranquilidade


É certo que dinheiro não compra felicidade, mas não há como negar que ele contribui para que você tenha mais conforto.


Esse conforto, certamente lhe trará muitos momentos de alegria.


Pode ser morar em uma casa mais confortável ou ter um carro melhor, mais novo e mais potente.


Formar uma reserva de emergência ou investir em planos de previdência privada, garantindo um futuro mais tranquilo.


Ou ainda a realização de uma grande viagem com a possibilidade de conhecer lugares incríveis.


Realizar pequenas viagens com frequência.


Até mesmo cultivar uma vida simples, mas totalmente livre de dívidas.


Portanto, o último e mais importante pilar da educação financeira é a tranquilidade, pois ela é o resultado da formação de hábitos corretos em relação ao dinheiro.


Dicas de educação financeira para mudar vida melhor


Conquistar o equilíbrio financeiro é um verdadeiro desafio para muitas pessoas.


Por isso, não é raro ver os altos índices de inadimplência no país.


No entanto, é importante entender que, embora algumas situações fujam ao nosso controle, o endividamento acontece na maioria das vezes pela falta de educação financeira.


Portanto, para mudar a realidade é preciso buscar informações sólidas que vão lhe ajudar a abrir mão de crenças que limitam sua relação com o dinheiro.


Além de incentivar na construção de hábitos saudáveis que ajudarão você a realizar seus sonhos.


Veja algumas dicas para começar a mudança que você espera.


  • Analise quais são suas entradas mensalmente e quais são suas despesas.

  • Crie metas financeiras que poderão ser cumpridas a curto, médio e longo prazo.

  • Construa a sua reserva financeira para lhe auxiliar na resolução de problemas emergenciais.

  • Pague suas dívidas, negocie condições favoráveis.

  • Estude e converse mais sobre dinheiro. Leia livros, artigos e faça cursos.

  • Não fique ansioso, mas crie o hábito de economizar diariamente.

  • Controle seus gastos, usando uma planilha ou aplicativos para registrar tudo o que você gasta.

  • Aprenda a poupar dinheiro. Isso não quer dizer que você terá que deixá-lo na conta poupança. Você pode investir. O importante é não gastar tudo o que ganha.

Corte despesas desnecessárias, tais como TV a cabo que ninguém assiste ou a assinatura de algum jornal ou revista que ninguém lê.


Conclusão


Aprender os princípios básicos da educação financeira é uma forma de construir um futuro melhor e com mais estabilidade.


Não é possível mudar o passado, mas você pode construir um futuro diferente.


Portanto, não importa a forma como você geriu sua vida financeira até o momento.


Agora é o tempo de mudança e cultivo de novos hábitos que vão lhe ajudar a ter uma vida muito mais próspera e tranquila.


Invista em informações seguras e adquira o conhecimento necessário para uma vida muito mais prazerosa.


9 visualizações0 comentário