DESCONTOS DE ATÉ 80%, É? PEGADINHA... OU OFERTÃO?


Quando a esmola é demais... Como entender o que está por detrás da oferta de descontos que chegam a 80%? Afinal, como é que alguém pode simplesmente abrir mão de até 80% do seu alvo de faturamento, assim, fácil? Você estaria disposto a trocar seu atual emprego por outro que lhe permitisse "faturar" apenas 20% do que ganha hoje? O que justificaria um lojista ter semelhante comportamento?

É sacanagem? Por trás do megadesconto, não raro há uma prática ilegal ou imoral da parte do lojista. Felizmente, nem sempre é assim. Existem outros motivos perfeitamente lícitos para explicar e justificar descontos de magnitude tão impressionante. Nestes casos, o consumidor deve saber "ler" a boa oferta, para não desconfiar à toa e acabar inclusive perdendo uma boa oportunidade de compra.

Chamariz. Sabemos que comércio bem sucedido é comércio que agita, que chama o comprador para dentro da loja. Para isso, mesmo que a loja tenha um apelo natural de preços sempre baixos (como é o caso dos hipermercados, por exemplo), ainda assim serão necessários os chamados "produtos-chamariz". Falo daquelas mercadorias terrivelmente baratas, que irão arrastar compradores para dentro do estabelecimento... reforçando a venda dos demais produtos. Neste caso, são boas ofertas, mesmo? Mas é lógico!

Megalotes. Grandes redes varejistas costumam negociar com seus fornecedores lotes gigantescos de um determinado produto a preços realmente muito baixos. Para reforçar sua estratégia, uma rede pode decidir revendê-los sem lucro algum e, em certos casos (mais raros, mas existem), até abaixo do custo. A coisa funciona como uma estratégia de marketing da marca, sinalizando a seus potenciais consumidores que aquele estabelecimento pratica preços realmente baixos, imbatíveis! (Pelo menos nestes produtos... sim)!

Ponta de grade. Também existe a questão da limpeza do estoque para explicar descontos-monstro. Lojas de roupas e calçados, quando adquirem uma determinada linha do fabricante, levam grades completas com toda a numeração, do P ao GG, do 37 ao 44. Naturalmente, alguns itens das pontas acabam sobrando no final da estação, e a loja precisa liberar espaço no estoque e nas prateleiras, para renovar a coleção. Por isso a camisa de homem P ou ou sapato feminino 44 podem ser vendidos com descontos de até 80%. Serve para você? Oras, agarre logo estes descontões... e boas compras!

*Prof. Marcos Silvestre | EKNOWMIX® Educacional - Coordenador do PROFE® Coopercredi ACSC Programa de Reorganização e Orientação Financeira e Empreendedora. Economista com MBA em Finanças (USP), atua como orientador de famílias e educador em empresas (Metodologia PROFE®). Comentarista econômico do Grupo Bandeirantes de Rádio e TV, é autor de "Os 10 Mandamentos da Prosperidade” e dirige o site www.educarparaprosperar.com.br.


Central de Atendimento

(11) 3141-4610

atendimento@sicoobsanta.coop.br

Sede

Avenida Paulista, 326, 16º andar

Bela Vista - São Paulo - SP

CEP: 01310-000
 

Ouvidoria: 0800 725 0996

Atendimento Seg. a Sex.

das 8h às 20h

www.ouvidoriasicoob.com.br

Deficientes auditivos ou de fala

0800 940 0458

Canal de comunicação de indícios de ilicitude

Postos de Atendimento

 

São Paulo
Hospital Santa Catarina

pa.hsc@sicoobsanta.coop.br 

(11) 3016-3905

OSS Santa Catarina

pa.oss@sicoobsanta.coop.br 
(11) 5613-4444 Ramal 176

Rio de Janeiro

Casa de Saúde São José

pa.cssj@sicoobsanta.coop.br 
(21) 2536-2855

Hospital Santa Teresa - Petropolis

pa.petropolis@sicoobsanta.coop.br 
(24) 2233-4600 - Ramal 4769

Santa Catarina

Hospital Santa Isabel - Blumenau

pa.hsi@sicoobsanta.coop.br

(47) 3321-1449

Hospital N.S.Conceição - Tubarão

pa.hnsc@sicoobsanta.coop.br

(48) 3631-7249 - ramal 7249

Espírito Santo

Hospital Estadual Central - Vitória

pa.hec@sicoobsanta.coop.br
(27) 3636-4716

Termo de Uso e Política de Privacidade

® Sicoob Santa - 2020

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social