Receita começa a receber declaração do Imposto de Renda 2017


A Receita Federal já começou a receber as declarações do Imposto de Renda de 2017. O prazo para enviar a declaração vai até as 23h59 do dia 28 de abril.

De acordo com a Receita Federal, deverá declarar, neste ano, o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2016. O valor subiu 1,54% em relação ao ano passado, quando somou R$ 28.123,91 (relativos ao ano-base 2015), embora a tabela do Imposto de Renda não tenha sido corrigida em 2016.

Quem optar pelo desconto simplificado, abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária em troca de uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado.

Também estão obrigados a declarar o Imposto de Renda:

  • Os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado.

  • Quem obteve, em qualquer mês de 2016, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.

  • Quem teve, em 2016, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;

  • Quem teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.

  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2016.

Formas de entrega

A entrega da declaração do Imposto de Renda 2017 poderá ser feita pela internet, com o programa de transmissão da Receita Federal (Receitanet), online (com certificado digital), na página do próprio Fisco, ou por meio do serviço “Fazer Declaração”, disponível para tablets e smartphones.

Não é mais permitida a entrega do IR via disquete nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal. A entrega do documento via formulário foi extinta em 2010.

Restituições

As restituições começarão a ser pagas em 16 de junho, e seguem até dezembro, para os contribuintes cujas declarações não caíram em malha fina.

Lembre-se: A Coopercredi ACSC já disponibilizou no site www.coopercrediacsc.coop.br, na área “Serviços Online”, o informe de rendimentos de seus cooperados. Você também pode solicitar na Central de Atendimento (11) 3141-4610.

Apesar de o prazo encerrar no dia 30 de abril, a orientação é que os contribuintes se antecipem, de modo a evitar correria de última hora no acerto de contas com o Leão e evitar a multa.

#Dinheiro #notícias #controlefinanceiro

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo