Estrutura

Assembleia Geral
As assembleias acontecem uma vez por ano e são a oportunidade do associado discutir e esclarecer o balanço da cooperativa. Todos os destinos dados ao capital e projetos para o ano são apresentados neste momento. É neste encontro que são feitas as votações para o Conselho de Administração e Conselho Fiscal.

Delegado
Para cada duzentos cooperados numa instituição são eleitos um delegado e um suplente, eleitos pelos próprios funcionários cooperados para representá-los nas assembleias. A participação dos delegados é custeada pela cooperativa (passagens, diárias de hotel, refeições e traslado), não recebendo nenhuma remuneração pela presença.
Qualquer cooperado, mesmo não sendo delegado, pode participar das assembleias, contudo privado de voz de voto.

Administração
A governança de nossa cooperativa utiliza o modelo dual, com um Conselho de Administração, composto por cooperados eleitos em Assembleia Geral, com mandato de três anos. Esse conselho é responsável pela direção estratégica enquanto que a gestão dos controles e negócios da cooperativa é executada pela Diretoria Executiva, subordinada ao conselho.


Os conselheiros se reúnem, no mínimo, uma vez por mês para:


•Examinar e aprovar os planos anuais de trabalho e respectivos orçamentos;
•Aprovar todas as normas de funcionamento da cooperativa;
•Deliberar sobre admissão, eliminação ou exclusão de cooperados, podendo verificar e a seu critério aplicar por escrito advertência prévia;
•Verificar, no mínimo mensalmente, o estado econômico-financeiro da cooperativa e o desenvolvimento das operações e atividades em geral, por meio de balancetes da contabilidade e demonstrativos específicos;
•Participar e representar a cooperativa nos eventos da comunidade na área de representação, nos eventos sociais, nas reuniões, congressos e outros;
•Aprovar e implementar o regime interno e demais manuais e normas necessárias para a sua organização e manutenção;
•Aprovar a política de empréstimo e captação de recursos.

Fiscalização
A Coopercredi é fiscalizado por um Conselho Fiscal, composto por seis membros, também eleitos em Assembleia Geral. Além do Conselho a cooperativa passa por duas auditorias anuais, realizadas pela CNAC – Confederação Nacional de Auditoria Cooperativa, que tem a obrigação de verificar as operações e controles do Sicoob Santa e também é supervisionada pelo o SICOOB CENTRAL CECRESP, conforme determinação do Banco Central do Brasil.

Saiba mais sobre os processos de escolha dos delegados e as Assembleias Gerais

Eleições para escolha dos Coordenadores de Núcleo

2019

Assembleia Geral Extraordinária

 

25/7/2020

Precisa de mais informações?

Estamos aqui para ajudá-lo. 

AS_377_19_ICONE_ATENDIMENTO.png

Atendimento